Série Rock de Direita: Manowar – Battle Himns

Na série Rock de Direita divulgamos bandas e artistas de Rock que lançaram músicas com temática conservadora ou que remetam a algum princípio direitista.

Se você for esquerdista, antes de dar chilique dizendo que o Rock é contestador, logo é de esquerda, leia o artigo Série Rock de Direita: a surpreendente verdade que não te contaram sobre o Rock e a Direita que ele já refutará a maior parte daquilo que você defecará pela boca a respeito deste assunto.

Há dezenas de músicas que já estão pré-listadas para figurar neste humilde compêndio, mas quando refleti a respeito de qual teria a honra de “abrir os trabalhos”, logo soube que não poderia ser outra que não a épica Battle Hymns, do Manowar.

Manowar é manowar…

The other bands play… Manowar KILL

Juro que não conheço NADA a respeito da visão política dos membros do Manowar. Sei que tiveram problemas com feministas ao longo dos anos, o que com certeza conta pontos a favor, já que o feminismo, enquanto movimento, não se preocupa com os direitos de todas as mulheres, senão respeitaria a decisão das que optaram se dedicarem à família. O feminismo só defende as feministas…

É claro que o Manowar tem todo aquele estilão “macho inflexível” e imagino que isso tenha sido parte do problema.

Mas reforço não saber se os membros do Manowar são conservadores.  Como disse no artigo em que expliquei esta série, nem sempre isso importa… Importa mais o valor que a música transmite.

Considero Battle Hymns – Hino de Batalha – o maior Hino da história do metal. É o Metal por excelência. O ápice do metal épico. Já estive em muitos shows, mas esta foi uma das músicas que mais me emocionou assistir ser tocada ao vivo.

O Manowar pode ter se tornado folclórico pelo estilo, as roupas, as capas dos álbuns, e etc., mas ninguém pode questionar a grandiosidade de uma música como Battle Hymns.

A letra fala sobre uma batalha épica. Dez mil soldados lado a lado, valentes e orgulhosos, dedicados a morrer por sua pátria, em defesa de seus ideais e de sua nação.

O instrumental e a interpretação acachapante de Eric Adams transmitem toda a amplitude e emoção de um acontecimento de tão grande importância.  Você pode não falar inglês e não entender a letra, mas a conjunção do crescente melódico com a impostação de voz faz com que você saiba que se trata de um Hino de Batalha!

Isto é lindo. A grandiloquência de conseguir visualizar aqueles milhares de soldados lutando por seus valores.

Agradeça aos que lutaram e morreram para que tivéssemos, aqui no Ocidente, a liberdade que temos hoje. Por bravos tais quais os descritos nesta canção que não fomos todos islamizados. Se você que me lê é mulher, graças a estes soldados que você não está vestindo uma burca.

Segue Battle Hymns, do Manowar, ao vivo, com legendas em português.

É de arrepiar…

Assine nossa newsletter para receber mais artigos desta série.

Por Renan Alves da Cruz

Related Post

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *