O sepultamento da carreira política de Aécio Neves é mais uma vitória da Lava Jato

O Brasil vive nos surpreendendo, então às vezes é temerário emitir juízos antecipatórios, ademais parece certo que a carreira política de Aécio Neves foi sepultada no histórico dia 17 de Maio de 2017.

Sei que o Brasil, depois de tudo, ainda deu a Collor uma vistosa e propinosa carreira política e até considero que Aécio possa ser eleito futuramente para cargos no legislativo, mas sua inocultável pretensão de ocupar a presidência do Brasil foi soterrada.

Aécio poderia ter sido eleito em 2014. A Deus pertence a sapiência daquilo que não nos proporcionou vivenciar. Não seria possível saber quais os efeitos de uma vitória tucana no pleito, entretanto, sabemos que o triunfo petista nos lançou num abismo sem fundo. Há anos esperamos sair do buraco, mas a luz e a paz parecem ainda distantes.

Independente do que aconteça com Aécio Neves em seu futuro trajeto político, o trabalho conduzido pela Lava-Jato alcança mais um triunfo impressionante: mais um figurão do alto escalão da política brasileira é desnudado e perde seu capital político, além de ver-se às voltas com a possibilidade da prisão.

Espero que os deputados e senadores percebam que não adianta tramar nos submundos para travar a operação. Que a luta contra a corrupção transcende a vontade de procuradores e policiais federais. Que agora se tornou uma demanda nacional, uma necessidade, uma obsessão.

Não aguentamos mais. Não é mais suportável.

Aécio Neves é mais um tubarão da política brasileira capturado com a boca na botija.

Que Deus nos permita descobrir e punir devidamente todos os outros, não importa de que partido, não importa de qual linha ideológica.

Toda vez que um político corrupto é desmascarado o país é presenteado.

O sepultamento da carreira política de Aécio Neves é uma vitória da Lava-jato e, mais do que isso, uma vitória do Brasil.

Por Renan Alves da Cruz

Related Post

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *