Que tal boicotar quem contrata apoiador do MST?

Apoiador do MST, da CUT, do PT, do MTST, do PSOL e tutti quanti, que seja sustentado e angarie recursos entre os apoiadores dessas causas

Acredito que não há esquerdista que não seja apoiador do MST.  Faz parte da gênese da turma. Está no DNA! Do mesmo modo, não há apoiador do MST que não seja esquerdista. Seria de uma incompatibilidade incorrigível.

No Brasil, não são poucos os famosos que dão uma piscadela não apenas para o PT, mas, com a desgraça de Lula e Cia, se voltam para o PSOL, Rede e congêneres. São os autoproclamados progressistas.

Dentre esses famosos, alguns já usaram o boné do MST. Chico Buarque e Gregório Duvivier, já fizeram isso. Outros, recentemente, assinaram uma carta de apoio ao Movimento Sem Terra. São eles: Wagner Moura, Camila Pitanga, Osmar Prado, Paulo Betti, Cristina Pereira, para ficarmos em alguns.

Há também as subcelebridades que por terem pais famosos, ganham notoriedade. É o caso de Bela Gil. Famosa por ser filha do cantor Gilberto Gil e por fazer “pratos” inconsumíveis, como seu churrasco de melancia.

Há alguns dias, em entrevista à Veja Rio, Bela Gil disse o seguinte sobre o MST:

Se a reforma agrária não acontecer, vamos morrer. Temos de sair da monocultura e aumentar a diversidade de alimentos nas mãos de pequenos produtores. O assentamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) em Porto Alegre é o maior produtor de arroz orgânico da América Latina. Para mim, a comida é uma ferramenta política. 

Celebridades e subcelebridades, não raro, aparecem diariamente na telinha da TV ou em outdoors. São contratos por diversas empresas interessadas em ter seus produtos associados a rostinhos bonitos e conhecidos. E vendem!

Vendem, tanto para quem é de direita, quanto de esquerda. Tanto para quem abomina o MST (CUT, PT, PSOL, MTST), quanto para quem apoia.

Leia também:

Lula se condenado, pode ficar livre da cadeia

13 motivos pelos quais Lula merece ser perseguido pelo povo brasileiro

O que significa MST? Ação da polícia civil do Paraná responde

Eis o busilis deste texto: a direita conservadora no Brasil falha em não usar a arma do boicote! Será que Ifood, site de compra online de comidas prontas, contrataria Bela Gil, sabendo que poderia sofrer boicote? Será que a coca-cola, em anos anteriores, teria contratado Wagner Moura? A Arezzo contrataria Camila Pitanga? É possível que sim, mas, tenho certeza, algumas marcas pensariam duas vezes antes de associar seus produtos a nomes que certamente sofreriam uma forte reação negativa de uma  parcela significativa da sociedade.

Por fim, finalizo esse artigo me dirigindo aqueles contrários a ideia do boicote: Não se trata de levar questões políticas além do campo político, mas, contribuirmos com nosso dinheiro no salário de alguém que pode usar do seu salário para defender causas opostas as nossas.

Apoiador do MST, da CUT, do PT, do MTST, do PSOL e tutti quanti, que seja sustentado e angarie recursos entre os apoiadores dessas causas. Com o meu dinheiro, não!

Por Jakson Miranda

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS! 

[aps-counter]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *