Prisão de Aécio pode ser contrapeso importante à prisão de Lula

Lula é o centro do Powerpoint como já esclareceu Deltan Dallagnol. Não tenho dúvidas de que será condenado por Moro e sua condenação será referendada na segunda instância. Pode ser protegido pelo STF, mas creio que pelo menos preso será.

Ser preso, entenda, não é a mesma coisa que permanecer na prisão. Ouve-se aqui e ali sobre tramas sendo urdidas nos bueiros para que o chefe não padeça muitos males.

Na primeira instância, porém, Lula não conta com asseclas. Está sendo investigado com todo o rigor, dentro dos limites da justiça. Mas a esquerda é a esquerda. São amorais profissionais e se orgulham desta condição. Maquiavelicamente espalham e repetem a falácia de que Lula está sendo perseguido.

Eduardo Cunha está na cadeia há tempos e eles ignoram o assunto. Se outro político que não Lula tivesse cometido os mesmos desmandos, já estaria enclausurado.

O fato de não estar não representa demérito da justiça. A questão é que, gostemos ou não, Lula não é um cidadão qualquer. É um ex-presidente da República que conta com uma turba barulhenta a seu favor, além de amigos togados poderosos. Uma prisão dele tem que estar muito bem embasada, para que se corra o risco de reforçar a tese de perseguição política ou, pior, forneça justificativa para que um de seus amiguinhos assine uma soltura imediata.

No atual das coisas, a prisão de um oposicionista graúdo vem a calhar. É é claro que não estou dizendo aqui para prendermos qualquer um só para fornecer uma narrativa de isenção que diminua o impacto da prisão de Lula. Seria útil dentro de critérios ilibados e legítimos.

Como Aécio foi pego de maneira indefensável e inquestionável na prática de um ilícito, sendo gravado, de forma a haver prova flagrante, não se torna exagerada a defesa de sua prisão.

Com Aécio Neves, até então presidente do PSDB, preso o discurso de perseguição a Lula se torna ainda mais frágil.

Se a delação da JBS confirmar tudo o que foi revelado nos últimos dias, Aécio não tem para onde fugir. Não condescendemos com corruptos de qualquer matiz ideológico. Não nos importa que o tom de vermelho do esquerdismo aecista seja mais desbotado que a estrela vermelha do PT.

Lugar de corrupto é na cadeia.

E cautela nunca é demais. Os lulistas farão um inferno quando chegar a vez de seu messias.

A melhor coisa é Aécio ir primeiro.

Se for com calma, cabe todo mundo.

Por Renan Alves da Cruz

Related Post

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *