Partido e governo não envelheceram. Caducaram

Dias atrás o senador Renan Calheiros afirmou que o governo Dilma “Envelheceu”. Ontem, a presidente usou a expressão “velha senhora” ao se referir a corrupção. É claro que tanto na fala da Presidente da República, quanto na fala do Presidente do Senado, as palavras foram expressas para criticar, criticar o governo, no caso do senador e criticar a corrupção, no caso da presidente.

Verdadeiramente, não é de hoje que a corrupção graça em nossa sociedade e a dita cuja não foi uma invenção deste governo, nem dos anteriores. nesse sentido, concordo com a presidente! Renan Calheiros, velho conhecido,  acusou um governo recém reeleito de já ter envelhecido. Discordo do senador!

Não é segredo para ninguém que a ação do tempo pode ser benéfica para vinhos, homens e mulheres. O é também para as instituições. Os melhores vinhos não são os mais novos, são os mais velhos. Homens e mulheres sábios não são os jovens recém saídos de faculdades, são os mais vividos, mais experientes, do mesmo modo, quanto mais resiste ao tempo, mas sólida se tornam as instituições.

Analisando o cenário politico brasileiro, concluímos que nem o governo, nem a corrupção envelheceram, no sentido expresso no parágrafo acima. Não!

Por mais que se valha dos modernos meios de tecnologia, por mais que se adeque aos tempos, aqueles que praticam a corrupção, não são mais experientes e melhores. São sim, mais ousados, mais espertos e mais inescrupulosos. Neste ponto, observo que tanto a ousadia, a esperteza ou a inescrupulosidade têm um limite, ou, passam a agir sem nenhuma razão.

O mesmo critério vale para o governo. Mesmo se formos generosos e pegarmos como ponto de partida o ano de 2003, ano que marca a chegada do PT ao poder, notamos que de lá para cá, tanto partido quanto governo não envelheceram, ou, não amadureceram. Os membros do governo, dão mostras de que estão fora da realidade. O partido da presidente, o PT, sob a batuta de Lula, é o exemplo claro da irracionalidade, suas falas são obsoletas e sem nenhuma validade.

Também é obsoleta, fora de moda, irracional e ultrapassada, a fala do Deputado Federal Sibá Machado, líder do PT na Câmara, ao sugerir que a CIA esteve por trás das manifestações de domingo. Atribuir isso ou aquilo à CIA, é um argumento da esquerda que remonta a década de 60. De lá para cá, já se foram mais de 50 anos… isso não é sinal de envelhecimento, isso é sinal de caduquice.

Por fim, um governo e um partido que agem em descompasso com a realidade, um governo e um partido que usam uma linguagem obsoleta, não estão utilizando a linguagem de alguém que ganhou experiência, estão usando a linguagem de alguém ou algo que caducou.

Ao institucionalizar a corrupção, partido e governo, apenas chancelam que a “velha senhora” dita por Dilma, é  na verdade, um velho vício e quanto mais paliativo for seu combate, mais ele se fortalece e mais mal traz a todos, no caso da corrupção, a sociedade. Assim, diante das manifestações de grande parte da sociedade brasileira no domingo, não será exagero dizer que não só a corrupção, mas o partido e o governo, estão ficando ultrapassados.

Curtam nossa FAN PAGE. E sigam-nos pelo TWITTER

 

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *