Para ator Paulo Gustavo, Cristo está morto

O ator Paulo Gustavo, estrela global, não esconde que é homossexual, ao contrário. Essa tem sido a tônica de muitos famosos. Quanto a isso, nada tenho a dizer. Eles que vivam suas vidas!

No entanto, é praxe dessa turma, como uma espécie de obsessão, quererem que Deus, a Bíblia e os cristãos se conformem a suas práticas.

Em matéria de Veja ficamos sabendo que o ator Paulo Gustavo fez o seguinte comentário:

“Quem escreveu essa Bíblia está desatualizado. Se Jesus Cristo fosse vivo, estaria no show de Pabllo Vittar. Está todo mundo indo, menino”.

O que Paulo Gustavo deve saber, porém, teima em não admitir, é que Jesus Cristo está vivo!  Diante dessa verdade, não é preciso fazer muito esforço para entender que Cristo Jesus não está em um show de Pablo Vittar.

Certamente nada impediria Jesus de ir a tal show, mas, com o único fim de cumprir a missão de converter o pseudoartista, “Vai-te, e não peques mais”!

Como afirmei no inicio, os ativistas homossexuais e não só eles, mas alguns ateus também, demonstram ter verdadeira fixação obsessiva por Deus e pela Bíblia. Ora tecem criticas a Palavra de Deus, ora negam a existência do Criador e não poucas vezes, optam pelo simples e puro deboche, zombaria ou ironias. Quando tomo conhecimento desses casos, chego à conclusão que tais querem mesmo é chamar atenção de Deus. Seria o caso do ator Paulo Gustavo?

Leia também:

Uma significativa vitória contra o totalitarismo LGBT

Pabllo Vittar tem a voz de uma ratazana morrendo sim!

Todavia trata-se de uma estratégia inócua. Agem como crianças birrentas? Talvez. Mas, a Bíblia lembra-nos que diante do Cristo pregado na cruz seus algozes seguiram esse mesmo caminho:

E o povo estava olhando. E também os príncipes zombavam dele, dizendo: Aos outros salvou, salve-se a si mesmo, se este é o Cristo, o escolhido de Deus.
E também os soldados o escarneciam, chegando-se a ele, e apresentando-lhe vinagre.
E dizendo: Se tu és o Rei dos Judeus, salva-te a ti mesmo.
(LC 23: 35-37)

Qual a conclusão?

Invariavelmente, àqueles que se opõem a Cristo, apresentam características idênticas entre si, seja no contexto da crucificação, seja nos dias de hoje. São pessoas que negam a existência de Deus, a Santidade de Cristo e a autoridade da Bíblia porque não querem abrir mão de seu orgulho, vaidade e egoísmo. Emaranham-se em seus prazeres afirmando terem encontrado o amor e a felicidade, mas, ouso dizer, a grande verdade é que fazem isso para ocultar a triste vida que têm: sem sentido e sem esperança.

Por Jakson Miranda

Siga o Voltemos à Direita nas redes sociais e assine nossa newsletter para receber todos os nossos artigos

Related Post

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *