O comunismo não morreu

Muitos afirmam que o comunismo morreu, que seu legado foi deixado para trás com o fim da URSS. Para quem dedica um mínimo de tempo em estudar a realidade política do Brasil e do mundo, fica claro que a ideologia comunista está mais viva do que nunca.

Nesse sentido, há aqueles que defendem com mil argumentos tal modelo político, social e econômico e, apenas apontam, não foi implantado da forma correta. Esses, com a sua pseudo-intelectualidade, ao defenderem o comunismo, sentem-se a vontade em hostilizar quem se posiciona contra, com ofensas que vão desde “vendidos ao capital”, ao uso de adjetivos pejorativos tais como “reacionário” e “fascista”, ou seja, um ser alienado e perigoso.

Agindo assim, escondem que são eles os verdadeiros alienados. São eles, que representam grande perigo a sociedade, pois, em nome de Marx e demais teóricos comunistas, acreditam ser justo mentir, intimidar, agredir e atuar com total covardia e dissimulação quando o que se está em jogo são suas teses.

As universidades, não só no Brasil, mas mundo afora, estão repletas desses “inteligentinhos” que se comportam com arrogância, vendo-se entre seus pares como verdadeiros vanguardistas. Decerto representam a vanguarda, vanguarda de algo que em si só carrega todo tipo de barbárie e desmonte de todo e qualquer valor que a civilização já construiu sob os ombros de gigantes.

Dito isto, recomendo que vejam esse esclarecedor documentário. Você pode se surpreender ao verificar que a Agenda comunista se encontra presente em pequenos conceitos da sociedade atual.

 

Por Jakson Miranda

 

Leia Também:

Estudantes da USP e a PM: Jéssica, Por que não estudas?

Digressões sobre a esquerda adolescente a partir de Salinger

Contra o Aborto

Quem é fascista?

A “agenda conservadora” não é de Eduardo Cunha, é da maioria dos brasileiros!

5 comentários em “O comunismo não morreu”

  1. A ideologia comunista vive apenas nas cacholas daqueles que todos os dias se servem de tudo que o bom capitalismo pode proporcionar.(Caetano Veloso, Gilberto Gil, Jean Willis, Luciana Genro e tantos outros…) Quem viveu esses regime na pele e sofreu na pele o trauma de um ditador comunista e seus crimes, ou fugiu para bem longe ou lutou para derrubar esse desastre chamado comunismo.

  2. O capitalismo fracassou??? Então Estados Unidos, Alemanha, França, Reino Unido, Japão entre outros, FRACASSARAM… MUITO interessante. Isso quer dizer que Camboja, Alemanha Oriental (extinta), URSS (extinta), Cuba, alguns miseráveis países africanos e a Coreia do Norte TRIUNFARAM!!! QUE BELEZA!
    É triste testemunhar em primeira mão a falta de cultura de quem ainda defende o comunismo…

  3. O Capitalismo se mostrou a forma de administrar e gerir MAIS DINÂMICA QUE EXISTE. Ou poderíamos dizer COM MENOS FALHAS POSSÍVEIS. As pessoas desinformadas reclamam do capitalismo. Mas, por exemplo, não param de fazer filho para ganhar 30 ou 40 reais a mais na esmola mensal. Isso é uma burrice das mais bizzarras. Essas crianças vão crescer, vão precisar de uma vida, vão precisar de muito mais do que apenas 30 ou 40 reais, que muitas vezes só servem para a cachaça, o cigarro, ou o crack de sua mãe ou pai… A mudança deve começar de baixo. Chamar o empresário de “burguês explorador” é outra BIZZARRICE, POIS É ELE QUE GERA A MAIORIA DOS EMPREGOS. Na verdade é ele que toca uma nação, pois o governo também recebe milhões em impostos desses “burgueses imperialistas” e o que mesmo ele faz com esse dinheiro??? leva tudo para seus deleites, e enriquecer suas famílias. Se você acha que o capitalismo é ruim, é porque ainda não experimentou a miséria cruel e desumana que é o comunismo. De graças a Deus que mora no Brasil. Dê graças a Deus que não mora na Coréia…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *