LULA LIVRE É BANCADO COM DINHEIRO PÚBLICO

(Post publicado em 11/07/19)

Enquanto acompanhamos a necessária reforma da previdência, a revista Isto É traz uma denuncia grave: o movimento lula livre é bancado com dinheiro público!

Você é a favor que o condenado continue preso? Isso não importa. Seu dinheiro está sendo usado para bancar o festival lula livre.

A revista, que chegará as bancas amanhã, denuncia que as verbas do fundo partidário bancam passagens aéreas, hotéis, segurança e aluguel de vans para transporte dos apoiadores do “show Lula livre“.

O VOLTEMOS À DIREITA PRECISA DO SEU APOIO. Clique AQUI e ajude-nos!

Apenas para se ter uma ideia, a união repassou via fundo partidário aos partidos políticos em 2018, a módica soma de R$ 888,7 milhões.

Entre aquilo que os partidos podem fazer com os recursos desse fundo, destacam-se o pagamento de salário de dirigentes, a manutenção de institutos de pesquisa, sede, eventos, campanhas institucionais, etc, etc.

Acho que está na hora de o governo Bolsonaro rever isso aí.  

Não é demais questionar quem banca os advogados do presidiário. Será que também são pagos pelo fundo partidário? Se isso for afirmativo é bom que se investigue a legalidade desses pagamentos se por acaso for feito via recursos do fundo partidário.

Ontem, divulgou-se que a cantora Paula Toller cobra na justiça uma indenização de 200 mil reais do PT. Observou-se que após assaltar os cofres públicos, o PT passou a usurpar do talento e trabalho de artistas, no caso, o Kid Abelha.

Pelo visto, a turma do Partido dos Trabalhadores tem certa compulsão pelo trabalho alheio e pelo dinheiro público.

ADQUIRA O LIVRO “O IMBECIL COLETIVO”. CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO

Por Jakson Miranda

SIGAM-NOS PELAS REDES SOCIAIS E ASSINEM NOSSA NEWSLETTER!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *