JANAÍNA PASCHOAL ATACA BOLSONARO

(Post publicado em 19/05/2019)

A deputada estadual Janaína Paschoal resolveu atacar o presidente da República Jair Bolsonaro pelas redes sociais.

É bom deixar registrado que Janaína chegou a ser cogitada como vice. Eu mesmo achei, na época, que seria uma alternativa melhor que a escolha do Mourão. Hoje, tenho a impressão de que não seria muito diferente do quadro atual. E digo isso com uma certa ponta de decepção.

Janaína Paschoal é contra as manifestações que estão sendo organizadas para o próximo dia 26. Em seu twitter, a deputada estadual pelo PSL afirmou que Bolsonaro precisa deixar de xaropada e trabalhar. Hoje, a deputada voltou à carga.

Pronto!

O eleitor, você mesmo, cidadão comum que quer o Congresso trabalhando e aprovando as reformas, você está proibido de se manifestar nas ruas democraticamente! Isso é claro, não se aplica à esquerda. Para que ocorram manifestações fora da esquerda, é preciso ter o aval da Janaína Paschoal, do Reinaldo Azevedo, do Lobão e do MBL.

Mas que MERDA É ESSA?

Do mesmo modo que a esquerda se manifestou no último dia 15 contra a Reforma da Previdência, contra o contingenciamento de verbas e pela soltura do Lula, a direita pode se manifestar em favor da Previdência, da MP 870 ou de qualquer outra pauta. Isso chama-se DEMOCRACIA! (Ca…).

Leia também: 

A ÚNICA FORMA de derrotar o centrão

Aliás, nem no dia 15, nem nos dias anteriores ou subsequentes, não há um único twitter da deputada condenando aqueles que foram as ruas.

Mas O QUE É ISSO?

Por Jakson Miranda

SIGAM-NOS PELAS REDES SOCIAIS E ASSINEM NOSSA NEWSLETTER!

5 comentários em “JANAÍNA PASCHOAL ATACA BOLSONARO”

  1. O nosso país não pode estar na mão do parlamento
    Votamos em Bolsonaro e os traidores da pátria é bom juntar a trouxa.
    Maldita constituição parlamentarista.
    A última palavra tem que ser do presidente e não do parlamento.
    Estão com medo do que esses deputados que estão lá a favor deles mesmos e não dá população
    Quem ganhou a eleição foi Bolsonaro
    Com quase 60/ dos votos seus filhos da mãe,

  2. Discordo do articulista, a Janaína está sendo coerente, se 57 milhões votaram no Bolsonaro, 95 milhões não o quiseram e merecem ser ouvidos, os deputados e senadores também foram eleitos pelo povo (O líder de Bolsonaro no senado é Fernando Bezerra Coelho que foi líder de Dilma e Temer e bolsonaro não faz a velha política? Ele ainda libera verbas para os deputados em suas “obras” locais como fizeram todos antes dele? Paciência), a incapacidade de Bolsonaro está cada vez mais evidente e não venha com dilmização que ele irá cair pq não negociou com o congresso…faz parte da política negociar, ocupar espaços é o “ar” que respiram os partidos no Brasil e no mundo, em todos os tempos, igualmente ao lucro para uma empresa e tal é ato legitimo se não envolver propina. Ora, esquema de laranjas o governo Bolsonaro está cheio. Ministros envolvidos em diversas acusações também (Guedes, Sales, Damares, etc) e paralisia em todos os setores, corta verbas ali e isenta outros ali, querer tampar o sol com a peneira não deve ser nossa postura, ele tem que trabalhar e deixar de fazer turismo com o nosso dinheiro. Simples assim

  3. Incitar uma parte do povo a derrubar o congresso pode ensejar a responsabilização do Presidente por crime de responsabilidade contra a ordem democrática. LEMBRE o Congresso também foi eleito pelo povo e Bolsonaro não teve 35% dos votos entre 150 milhões de eleitores. Não queremos ter um Chavez brasileiro.

    • Cara, você é ignorante ou comenta de má-fé? Quem está pregando a “derrubada” do Congresso? Se manifestar agora virou crime?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *