INTERCEPT: MANIPULAÇÃO DE MENSAGENS É CADA VEZ MAIS EVIDENTE

(Post publicado em 29/06/19)

Até agora o the intercept não explicou a origem das supostas mensagens atribuídas a Moro e demais integrantes da Lava Jato. Tal postura, tem levado a dois questionamentos: Primeiro, foram os donos do site quem bancaram a invasão hacker. Segundo, as mensagens estão sendo manipuladas de forma grosseira.

No dia de ontem, o “jornalista” Glenn Greenwald havia publicado no twitter uma mensagem rebatendo aqueles que acreditam que o the intercept não tem mais material relevante a apresentar. Pela rede social, Glenn prometera uma “bomba” para o final do dia, o que não se confirmou.

Leia também: 

DORIA HOMENAGEIA SÉRGIO MORO: UM PATRIOTA!

A suposta “bomba” foi publicada durante a madrugada deste sábado. Nada de relevante há no conteúdo, pelo menos no que se refere à Lava Jato. O que há de relevante, isto sim, é a crescente suspeita de que há de fato, manipulação no conteúdo.

Em nota o site O Antagonista apontou uma falha de Greenwald:

O dono do site, Glenn Greenwald, anunciou no Twitter novos ataques a Sergio Moro.

No print publicado em sua página – e que ele apagou correndo -, uma frase é atribuída ao procurador Ângelo Goulart Villela, preso em 2017.

Algum tempo depois, o site corrigiu o nome do procurador para Ângelo Augusto Costa.

Na versão final, ficou apenas Ângelo.

Se o Intercept pode mexer num nome, ele pode violar também qualquer outra parte dos arquivos, acrescentando ou eliminando frases.

Que fique claro, The Intercept é o site que a esquerda aplaude e os jornais brasileiros fecham parcerias.

Vejam abaixou um print do twitter do Gleen.

Por Jakson Miranda

SIGAM-NOS PELAS REDES SOCIAIS E ASSINEM NOSSA NEWSLETTER!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *