Show do esquerdão: humor como arma na Guerra Cultural

Bons canais de humor direitistas estão surgindo no youtube e nosso papel, como propagadores do conservadorismo, é divulgá-los, afinal, como já disse no artigo NOTA DE ESCLARECIMENTO DE UM BANCO QUALQUER, o humor é uma arma fundamental na Guerra Cultural.

Vídeos de humor só são bons se nos fizerem rir. Não adianta ser pretenso humor e só defender uma ideia e posição política sem arrancar risadas da plateia… e, posso lhes garantir, ri demais assistindo este vídeo.

Subscrevam o canal Spider Consense. Desmascara a hipocrisia esquerdista da forma mais engraçada possível.

Segue o vídeo O Show do esquerdão:

Por Renan Alves da Cruz

 

 

7 motivo$ para defender Lula e o PT

Não, você não está louco. É isso mesmo. O Voltemos à Direita trocou de lado. Não vamos mais combater o petismo. Essa coisa de blog de direita não prospera na internet. Aderimos à defesa de Lula e vamos apresentar 7 importantes motivos que nos levaram a esta decisão:

1 – O Governo Lula foi essencial para que muita gente prosperasse e atingisse um novo status. O próprio Lula, sua família e colegas de partido são provas do sucesso dessa política de ascensão social.

2- Sérgio Moro julga o ex-presidente Lula com parcialidade, teimando em condenar Lula pelos crimes que ele cometeu.

3- O PT não fez nada diferente do que os outros partidos sempre fizeram. Só que como o PT é um partido maior e mais competente, fez o que todos faziam de maneira mais ampla… e competente.

4- Lula está sendo perseguido diuturnamente por uma mídia golpista que insiste em divulgar as notícias que o prejudicam.

5- Obama chamou Lula de “O Cara”. Se Obama disse, ninguém pode contrariar.

6- A criminalização do PT e de Lula ferem a democracia pelo qual o PT sempre lutou, apoiando regimes democráticos como Cuba e Venezuela.

7- Por último, e não menos importante, porque defender o PT é nosso dever patriótico, dever este que cumprimos sem esperar nada em troca, exceto que alguém do partido reconheça o trabalho feito aqui e nos consiga um patrociniozinho estatal, para manter a dignidade desta nossa luta.

Bom, é isso. Seguimos lutando contra o Golpe. Invejosos dirão que isso é uma tentativa de ironia. Não se apeguem nisso, companheiros petistas,  e entrem em contato conosco para acertarmos os valores.

Por Renan Alves da Cruz 

Falou o “professor” Faustão!!

Lá vem o “professor” Faustão. Adora falar o que lhe vem na cabeça. Para sua plateia, bestializada, pouco importa seus palavrões.

Chama-se Fausto Silva, mas, como é boa praça, todos os chamam de Faustão. Hoje, de camisa vermelha, (será ele petista?) criticou o governo Temer (É… deve ser petista!). Todos aplaudiram sua fala.

Claro que estou falando do Faustão, ou, Fausto Silva. Sim, ele mesmo, o apresentador da TV Bobo, digo, Globo.

Noticia-se que Faustão soltou o verbo contra o governo Michel Temer e a reforma do Ensino Médio.

Nosso portal já fez uma primeira abordagem sobre as mudanças anunciadas na educação em um ótimo texto do nosso colunista Renan Alves.

Da minha parte, ainda pretendo voltar ao tema. Por ora, foco no apresentador Faustão.

Segundo o Zero Hora, Fausto Silva disse o seguinte:

—  Essa p**** desse governo nem começou, não sabe se comunicar e já faz a reforma sem consultar ninguém. Então, o país que mais precisa de educação, faz uma reforma com cinco gatos pingados, que não entende p**** nenhuma, não consulta ninguém, e, aí, de repente, tira a educação física, que é fundamental na formação do cidadão.

Serei forçado a usar de clichês.

Quantas vezes Faustão criticou os treze anos de governos petistas por nunca terem proposto mudar nosso sistema de ensino?

Será que nessa questão o governo deve mesmo ouvir a população ou ouvir especialistas, que é o que foi feito? Aliás, as mudanças valerão por Medida Provisória, ou seja, oportunamente, os representantes do povo, deputados federais, poderão debater e apresentar mudanças.

Quantas vezes Faustão criticou o fato de o patrono da nossa educação ser o comunista Paulo Freire?

Faustão usa de sua audiência para falar sobre o que não sabe e mais uma vez, para bajular seu entrevistado, um atleta, daí afirmar que a educação física ser fundamental na formação do cidadão.

A educação física é sim importante, para que a criança desenvolva suas habilidades motoras e não caia no sedentarismo das facilidades modernas. Porém, o que se torna importante na formação do cidadão é ele sair da escola sabendo ler e escrever. O que não ocorre hoje.

Sim, saber ler e escrever é importante na formação do cidadão. Mas, para que esse cidadão seja de fato um cidadão beneficamente ativo na sociedade, é FUNDAMENTAL que ele se desenvolva em princípios éticos e morais. Mais um ponto em que nossa educação presta um desserviço.

Isso sim é coerência, hein!? Faustão fala sobre educação, usando o espaço e sendo funcionário de uma emissora que há anos contribui para a formação moral e cultural de nossas crianças e jovens. Quais valores a rede Globo transmite? Apologia à prostituição? Ao gayzismo? Defesa à legalização do aborto? Apologia à legalização de drogas? Sim, isso também faz parte da educação de um povo!

Fato é que, em seu “tom” professoral, Faustão passou atestado de idiota. Trata-se de um idiota que há 26 anos ganha a vida vendendo mediocridades, numa clara aposta à idiotização dos que lhe assistem.

Ô, loco!

Por Jakson Miranda

Ganhe o livro “Não é a mamãe: para entender a Era Dilma”.

Vamos falar de livro! Trata-se de um livro básico para começarmos a discutir o desserviço prestado por Dilma Rousseff.

Dilma não é mais presidente do Brasil. Ufa! Logo, fará parte de um passado que ninguém terá prazer em lembrar. Tchau, querida. Até nunca mais!

Com o PT, a política nacional chegou ao cumulo do ridículo, do grotesco, do crônico, trágico e cômico.

Muito já se sabe sobre Dilma Rousseff. Ex-terrorista. Sócia e responsável pela contabilidade de uma loja de R$1,99, levou o empreendimento à falência. Tempos depois, pelo petismo, é oferecida ao eleitorado como a gerentona.

Devemos estudar com afinco tudo isso. Como Dilma chegou ao poder e quais foram as marcas do seu governo? Uma dica de leitura? O livro de Guilherme Fiuza, “Não é a mamãe – para entender a Era Dilma”, é uma boa pedida.

mamãe

Em reportagem do O Globo há o seguinte:

O título, explica Fiuza, sintetiza a sua maior crítica ao governo atual: tentar parecer o que não é. Na sua opinião, trata-se de um projeto que busca se perpetuar no poder para viver, junto com seus aliados, das benesses do Estado, ao mesmo tempo em que se afirma defensor das pessoas que estariam sendo massacradas “por uma suposta elite de direita”.

— Eles têm esse discurso que considero hipócrita e mentiroso e a “mamãe” foi uma dessas tentativas de vender um símbolo que não traduz a substância — critica o jornalista. — O livro coloca o quadro completo, fica clara a continuação das tramas, dos personagens. Fica mais fácil de compreender o enredo. Porque boa parte da opinião pública brasileira ainda acha que a Dilma é uma boa gerente, que o problema dela é ser autoritária, intolerante. Isso é falso. Na biografia dela, você não encontra a boa gerente. Vários problemas do seu governo surgiram de projetos que ela já coordenava antes.

A obra é organizada em cinco partes: “Dilma é a mãe (2010)”, “A faxineira (2011)”, “A babá de Rosemary (2012)”, “A plebiscitária (2013)” e “Mamãe voltou (2014)”. Fiuza chama a faxina feita pela presidente no seu primeiro ano de mandato de “maior mal-entendido da história contemporânea”, já que o Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit) era um dos órgãos responsáveis por tocar os projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). 

Encerramos

De 2014 até o impeachment, a coisa só se agravou.

Quer ter em mãos o ótimo livro de Fiuza? Não lhe custará nada! Basta subscrever nossa Newsletter e participar de mais um sorteio do Voltemos à Direita para concorrer a um exemplar do “Não é a mamãe: para entender a Era Dilma”.

Observe atentamente as regras do sorteio. Divulgue-as a seus amigos.

Por Jakson Miranda

 

Perto de Dilma Rousseff, bancada da chupeta é coral lírico

Dilma Rousseff irá ao senado para defender seu mandato. É bom fazermos estoque de engov!

Leiam no site de Veja

O Senado Federal agendou para o dia 29 o pronunciamento da presidente Dilma Rousseff no julgamento final do impeachment. A petista confirmou nesta quarta-feira que fará pessoalmente sua defesa em plenário. O roteiro da derradeira votação foi definido em reunião entre o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que presidirá a sessão, e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O julgamento terá início às 9 horas do dia 25, próxima quinta-feira.

Encerramos

Foi difícil acompanharmos por dias a fio a estridência sem noção da bancada da chupeta. Em alguns momentos nos irritavam, sim, mas quando nos lembrávamos de quem eram – palhaços, fazendo um ridículo papel circense – caiamos na gargalhada.

Foi ou não foi impagável o momento em que o ex-ministro da JUSTIÇA, José Eduardo Cardozo citou o famosíssimo jurista Tomás Turbando Bustamante?

E que aula de história, geografia e economia nos deu Lindbergh Farias, ao nos ensinar que o Neoliberalismo nasceu na China. Uau!

Foram momentos que a bancada da chupeta nos agraciou com essas e tantas outras pérolas, mas também, foram momentos em que nos foi permitido comprovar mais uma vez, o quanto que os petistas são vigaristas.

Pois bem, senhoras e senhores. Perto de Dilma Rousseff se expressando, falando seu peculiar dilmês com seus ticos e tecos em pleno funcionamento, ficaremos com a sensação de que Lindbergh Farias, Gleisi Hoffmann e Vanessa Grazziotin, formam um belo coral lírico.

Não acredito que eles tenham superado a retumbante retórica da ex-presidente.

Por fim, Dilma chegou ao poder como um poste, e sairá, ela mesma, puxando a fila de um melancólico cotejo fúnebre de seu próprio governo.

Vamos nos preparar para o dia 29 e vamos tentar compreender o dilmês

Por Jakson Miranda

Adquira o ebook Por que sou conservador e ajude o Voltemos à Direita.

Assine nossa NEWSLETTER e receba artigos em primeira mão. É fácil, rápido e seguro!

 

Em Bauru, professor de História propaga sua ladainha idiotizante

Alguém conhece o senhor Carlos Alexandre D’Incão? Provavelmente não! Da minha parte, o pouco que sei sobre a figura repassarei aqui neste post, mas, uma rápida pesquisa no Google e descobrimos que existe um Instituto de ensino D’Incao. Sim, o instituto, pertence a Carlos Alexandre e o mesmo se orgulha dos seus feitos, oferece curso pré-vestibular gratuito para alunos de baixa renda . O mestre também se orgulha de ter se formado pela USP.

Fico cá a imaginar a carga de doutrinação que seus alunos recebem nesses cursos. Quem poderá salvá-los e evitá-los de saírem por aí papagaiando as falácias de Marx? Quem poderá evitá-los que saiam por aí delirando sobre o “golpe do impeachment”? São os possíveis resultados de um ensino doutrinário e idiotizante com o selo da USP.

Querem um exemplo?

Diante de tamanho preparo intelectual e atuação na sociedade bauruense, o nobre professor Carlos D’Incão tem espaço cativo no Jornal da Cidade. Em recente artigo publicado no dia 06/04/2016, com o titulo: Sobre o PT e outros Demônios, (AQUI)  o valente professor não se envergonha em defender o PT e seu vergonhoso e desastroso governo.

O referido artigo não passa de um conjunto de asnices que nada deixa a desejar a nenhuma peça humorística. Nosso professor consegue se superar como escritor de piadas. Entre tantos absurdos, Carlos D’Incão resolveu defender as empreiteiras envolvidas na Lava-Jato. Segue o argumento do laureado “mestre”:

“Os EUA querem realinhar a América Latina como seu tradicional quintal. Caso seja necessário que se prenda altos executivos de empreiteiras nacionais que insistem em vencer no exterior as concorrências com as empreiteiras norte-americanas, suecas e canadenses (como é o caso da Odebrecht) que assim seja. O PT permitiu o Brasil crescer muito. Está na hora de adormecer esse gigante”.

Por favor, não riam. Este é o fino do argumento de uma mente formada na USP! E há o sério risco de que tal argumento seja aceito como possível, plausível e de profunda reflexão.

Que Carlos D’ Incão pense assim, é preocupante. Que ele transmita esse tipo de falácia a seus alunos como se verdades fossem, é aterrador. Também não deixa de ser aterrador, que um importante jornal de uma importante cidade do interior paulista, permita que suas páginas abriguem esse tipo de delírio como se argumentos lógicos fossem. Os assinantes e leitores do jornal exigem que a inteligência deles seja respeitada.

Propagar ladainhas idiotizantes é um crime contra a honestidade intelectual e isso deve ser denunciado.

 

Por Jakson Miranda

 

Leia Também:

Lula – O condenado

Pense positivo, pense Dilma

Tico Santa Cruz: o vocalista de uma banda de rock, que quem gosta de Rock não ouve

 

 

Delação: Boicote ao Porta dos Fundos

Sugiro a nossos leitores que tomem um engov e vejam o vídeo abaixo.

Voltamos

Não é novidade para ninguém que os humoristas do canal, há muito abandonaram o humor. Quando não estão atacando a fé alheia – Leia-se o cristianismo – Estão se fazendo de esbirros para as teses petistas, como o vídeo acima.

O PSDB tem culpa no cartório? Se tiver, que seja exemplarmente punido pela justiça e pelas urnas. Eis a diferença brutal entre nós e aqueles que hipocritamente, tentam se valer da corrupção deste ou daquele ente para inocentar a corrupção largamente praticada pelos petistas.

Sou tucano? Longe disso! Mas no vídeo do canal Porta dos Fundos, sugere-se que a sigla está envolta num mar de corrupção e mais grave! Agentes da PF são coniventes com tais ladroagens. Isso é grave!

Espero que o setor jurídico do PSDB tome as devidas providencias e exija-se judicialmente, no mínimo, um direito de resposta, pois o que vai no vídeo, repito, não é humor.

Que as entidades sindicais ligadas à PF tomem as devidas providências jurídicas e exija-se que o portal peça desculpas aos policiais federais. No vídeo, toda a categoria é ridicularizada. Isso não é humor!

Fica claro que a ação do Porta dos Fundos não é outra senão intimidação e perseguição travestidas de comédia, deboche, sarro ou qualquer coisa do gênero.  Alguém consegue rir com a peça?

Da nossa parte, sugerimos um boicote ao canal. Somos maioria e devemos convencer nossos amigos e conhecidos de que o Porta dos Fundos não passa de um canal deletério para o humor e a inteligência.

 

Por Jakson Miranda

 

Leia Também:

Só resta a Dilma Rousseff demitir Lula

Como, no futuro, explicar a reeleição de Dilma Rousseff aos seus filhos

 

 

 

Não há vagas – por Ruy Castro

Publicado na Folha de São Paulo 

Outro dia, um cartola do PT declarou que Lula “mora no coração do povo brasileiro”. Na condição de brasileiro em dia com as obrigações e portador de um coração de dimensões regulares, vi-me tecnicamente apto a hospedar o ex-presidente. Gelei. A ideia de ter meganhas entrando e saindo do meu coração, vasculhando cômodos, armários e debaixo das camas para proteger o chefe, me apavorou.

Além disso, Lula é um hóspede folgado. Apossa-se dos apartamentos e sítios a que o convidam como se fossem dele. Promove reformas como derrubar paredes, mudar escadas de lugar e instalar elevadores internos, vide o famoso tríplex que não lhe pertence no Guarujá -imagine se pertencesse. Com seu à vontade em relação à propriedade alheia, temo que, uma vez hospedado no meu coração, logo iria querer alterar o curso de minhas veias e artérias, como tentou fazer com o rio São Francisco.

E acho que meu coração não comportaria a turma que anda com ele. Lula começaria a receber seus amigos empreiteiros, pecuaristas e doleiros, os quais iriam se meter por meus átrios e ventrículos, e sabe-se lá para onde meu sangue passaria a ser bombeado. Sem falar em sua mulher, dona Marisa -com suas prerrogativas de ex-primeira-dama, mandaria trocar meus velhos fogões por luxuosos micro-ondas e atracaria uma canoa em meu sistema vascular.

Mas isso não acontecerá. Consultei o cardiologista e ele foi taxativo ao se opor a que eu receba Lula em meu coração, mesmo que por poucos dias. Como médico, teve péssima impressão do desempenho de Lula no setor da saúde enquanto presidente. E citou o meu próprio caso.

Nos últimos anos, por certas atribulações cardíacas, quase fui duas vezes para o beleléu. Do qual só me salvei tomando dinheiro emprestado aqui e ali, por ter um plano de quinta e não poder contar com um sistema decente de saúde pública.

 

 

Leia Também:

 

Lula: Ainda Inmensalável e Impetrolável?

O ódio de Lula à imprensa livre

Lula, o ilusionista 

Entrevista com FHC: “O problema é econômico, a solução é política”.

Governo Dilma: Pode Piorar

Tico Santa Cruz: o vocalista de uma banda de rock, que quem gosta de Rock não ouve

No Brasil, Tico Santa Cruz é pensador.

Quer entender o porquê? Pegue os índices internacionais de avaliação da educação. Avalie os principais indicadores globais da área.

Precisa de mais? Procure um professor de escola pública e peça que lhe conte um pouco do que ele vivencia.

E se quiser ir mais longe, para entender um dos motivos principais de este professor vivenciar o que vivencia, visite um sindicato de professores e ouça o que se discursa.

Se quiser aprofundar sua leitura, visite uma universidade qualquer, não precisa ser a proclamada melhor, apenas uma aleatória, e visite um curso de humanas: História, Geografia, Pedagogia, Letras… etc.

Se lhe for permitido, assista quinze minutos de uma aula.

Lhe forneço o benefício da aleatoriedade, sabendo que, no cômputo geral, as percentagens são inabaláveis.

Seguindo este roteiro, você terá, pelo menos, nove chances em dez, de ver com seus próprios olhos porque existe gente que atribui a um coitado, burro como uma porta, a condição de formador de opinião, e, pior que isso, exista quem se paute pelas opiniões do sujeito.

Tico Santa Cruz, a princípio, é um roqueiro, título que lhe concedo com certa boa vontade, pois gosto de Rock, sempre gostei, conheço o estilo e, mesmo antes de saber que ele havia invertido as funções biológicas de sua boca com a do ânus, eu não me prestava a submeter meus ouvidos ao que ele faz.

Pois diferente de muitos, que dizem que não conheciam Tico Santa Cruz, eu sabia quem ele era.

E ele era o carinha de uma banda de Rock, que quem gosta de Rock não ouve.

Tico deve ter percebido que sobreviver do talento musical, a longo prazo, não era uma opção, afinal tocava rock… e ser fã da banda dele, para os roqueiros em geral, era uma ofensa.

Afagar o governo e assumir um discurso chapa branca renderia frutos melhores, não?

Os esquerdistinhas das redações jornalísticas passaram a elevá-lo ao status de pensador, e Tico virou uma espécie de guru dos progressistas que não tem muita habilidade em pensar, e que repetem discursos enlatados.

Mas a sacada dele foi genial. Tico Santa Cruz posta um monte de merda em seu facebook, tem um monte de seguidores, que compartilham tudo, repetindo as asneiras.

Com o novo status, ele consegue sobreviver.

Mesmo sendo o vocalista de uma banda de Rock, que quem gosta de Rock não ouve…

 

Por Renan Alves da Cruz

 

Leia Também:

 

Mentiras adverbiais: as muletas gramaticais da esquerda

O PT já tem sua estratégia para 2018

A importância de ler Guilherme Boulos

O mimimi de Leonardo Sakamoto

MTST: Delinquentes urbanos

 

 

 

O que você espera para a política em 2016? Vote!

2015 foi um ano e tanto. A crise política e econômica chegou e ficará por aqui por um bom tempo. Nesse ponto, temos tanto a lamentar. Mas, 2015 foi também um ano e tanto porque a Operação Lava-Jato colocou gente graúda na cadeia – Erga Omnes .  Chegando ainda mais próximo do verdadeiro chefão da quadrilha.

Enquanto o site de Veja resolveu escolher a personalidade de 2015,  nossas expectativas já estão voltadas para 2016, que são de preocupação com a volta da inflação e o desemprego em alta. Qual será a medida do sofrimento em milhares de lares país afora? Qual será o destino da responsável por esse caos?

Na outra ponta, estamos esperançosos que em 2016 mais corruptos sejam presos e expulsos da vida política.

Colocada as coisas desse modo, lançamos a enquete: O que você espera para a política em 2016? Seu voto é muito importante! Veja as opções e dê o seu voto:



 

Por Jakson Miranda

 

Leia Também:

Ministério Público Federal vê Indícios de crime praticado por Lula

Lula está com medo do povo

CPI no BNDES: A sociedade exige respostas

É dona Dilma… Em terra de saci, todo chute é voadora!

DILMA MANDA TICO E TECO PARA COLETIVA: O RESULTADO FOI RISÍVEL