GOVERNO ESTUDA LIBERAR SAQUE DO FGTS

(Post publicado em 17/07/19)

O governo Bolsonaro estuda liberar saque do FGTS ainda esse ano. Segundo Paulo Guedes, a intenção da equipe econômica é que se libere até 35% do saldo das contas ativas o que será suficiente para injetar na economia um valor aproximado de R$ 42 bilhões!

O Ministério da Economia deve permitir que os trabalhadores saquem até 35% dos recursos de suas contas ativas (dos contratos de trabalho atuais) do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). 

A liberação de saque do FGTS será somada a outras medidas

Enxergo que liberar o saque do FGTS  pode ser uma excelente alternativa para dar um impulso à economia. Ou seja, milhões de trabalhadores que estão com uma graninha “retida” no FGTS pegarão parte do valor e investirão na reforma da casa, na compra de um bem, ou mesmo, no empreendedorismo.

São medidas que obviamente podem promover a geração de empregos e assim, criar um circulo virtuoso de crescimento econômico.

Leia também:

REFORMA DA PREVIDÊNCIA ENTRE AS MAIS COMENTADAS NO TWITTER

BOVESPA BATE RECORDE E CHEGA A 104 MIL PONTOS

É certo que muitos irão criticar a medida. De fato, liberar saque do FGTS por si só pode ser uma medida inócua e até mesmo arriscada. Não é esse o caso pois a essa iniciativa somarão a aprovação da previdência, privatizações e mais a frente, a reforma tributária.

O VOLTEMOS À DIREITA PRECISA DO SEU APOIO. Clique AQUI e ajude-nos!

Volto a dizer, até o final de 2020 estaremos em um outro patamar econômico.

Por Jakson Miranda

SIGAM-NOS PELAS REDES SOCIAIS E ASSINEM NOSSA NEWSLETTER!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *