Fidel Castro morreu e cubanos ficam inconsoláveis

Fidel Castro morreu e nada devo acrescentar ao excelente artigo, publicado hoje cedo, pelo nosso colunista Renan Alves da Cruz.

Assim, escrevemos esse texto apenas com o intuito de registrar o quão inconsoláveis ficaram os cubanos com a triste notícia. Realmente, eles ficaram inconsoláveis, sobretudo os que moram nos EUA e não têm condições de se despedirem do grande líder.

Em solidariedade aos enlutados cubanos, escolhemos algumas imagens que comprovam o desespero, a tristeza e o inconsolável sentimento de perda que todos estão sentindo.

 Vejam

fidel-castro-morreu-1 fidel-castro-morreu fidel-castro-morreu-3

Encerramos

A expressão no rosto de cada um que estampa as imagens, não deixa dúvidas de quem foi Fidel Castro.

É isso mesmo, meus amigos. Para àqueles que se viram obrigados a arriscar suas vidas e fugirem da ilha, hoje não é dia de tristeza e sim de alegria, de comemoração, de sensação de liberdade e acima de tudo, um dia de esperança de que com o fim de Fidel Castro, o regime por ele imposto aos cubanos esteja também, com os dias contados.

Em sentido oposto, não se sentem aliviados com a partida do coma andante, apenas aqueles que, como ele, apreciam ditaduras, ditadores, assassinos e impostores.

Devem estar de luto, hoje, Marcelo Freixo, Jandirão, Chico Buarque, FHC, Maria do Rosário e toda a trupe de esquerdosos.

Como veem, é abissal a distância entre esses nomes citados e o sentimento de quem viveu de perto o sonho do socialismo castrista.

Que novos tempos cheguem a Cuba, assim como chegaram a tantos outros países que foram vítimas do mesmo mal.

Fidel Castro morreu e poucos lamentam sua morte, antes, o que fica para a maioria é o sentimento de que partiu tarde demais.

Fidel Castro sai da vida para entrar para a história. No meu livro, dividirá espaço com Hitler, Stalin e Che Guevara. Tais, estarão no capítulo: A Peste Negra em forma humana.

Por Jakson Miranda

Adquira o ebook Por que sou conservador e ajude o Voltemos à Direita.

Assine nossa NEWSLETTER e receba artigos em primeira mão. É fácil, rápido e seguro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *