Feliz 2017: A luta contra os embusteiros continua

Feliz 2017, amigos! 2017 será um ano que promete…

Acredito que há uma quase unanimidade de que 2016 foi um ano dificílimo. Se tivemos alegrias com a Lava Jato, o impeachment de Dilma Rousseff e a eleição de Trump, por outro lado, para 12 milhões de brasileiros, senão mais, foi um ano de extrema preocupação com a falta de emprego.

Por falar em extremo, 2016 ficará marcado também, pela crescente violência dos extremistas islâmicos. Foi um ano em que mais e mais cristãos foram mortos unicamente por serem cristãos. Alguém na grande mídia já falou sobre a cristofobia?

Apesar disso tudo, desejamos um feliz 2017 com a esperança de que realmente esse próximo ano seja melhor. Particularmente, não nutro essa expectativa e torço que esteja enganado.

Pode ser que 2017 seja um ano de mais calmarias, mas isso não significa que seja um ano melhor. Em outras palavras, nossa guerra ainda não acabou. Mesmo que tenhamos vencido algumas batalhas, não significa que já tenhamos derrotado o inimigo por completo. (Será que o derrotaremos?).

A luta continua meus amigos.

E já está provado que se trata de uma luta de muitas frentes.  Estaremos perdidos se focarmos tão somente na política e economia. Devemos centrar nossas energias em outras potestades.

A luta continua contra a ignorância.

A luta continua contra os que promovem a degradação estética disfarçada de manifestação artística.

A luta continua contra as mentiras travestidas de verdades.

A luta continua contra os embusteiros que usam o espaço na mídia para validar um sistema de governo falido e autoritário.

A luta continua contra o relativismo cientificista. Contra o relativismo ético. Contra o relativismo moral.

Por fim, a luta continua em defesa dos cristãos mortos e perseguidos ao redor do mundo. Será que o Brasil estará a salvo desse tipo de perseguição?

Para que consigamos enfrentar todos esses inimigos, nossa arma é olharmos para o alto e pedir auxilio D´aquele que é o verdadeiro Senhor da História. Esse é um passo imprescindível que cada um de nós não pode relegar ao esquecimento.

Que venha 2017!

Feliz 2017! A luta continua.

 

Brasil do meu amor!

Brasil sentimental de minha inspiração,

Eu quisera te ver sob a mesma bandeira

Que Cristo desfraldou por nossa salvação.

Mas entre tanta glória que te exalta,

Entre tanta riqueza e esplendor,

Infelizmente, meu Brasil, te falta

Melhor conhecimento do Senhor.

Por Jakson Miranda

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *