ESQUERDA SEM CULPA, LIVRE PARA CONTINUAR ERRANDO

BXK19154_congresso-_-nacional-brasilia-df800

Lendo um artigo escrito por Carlos Alberto Sardenberg, publicado no O Globo, sou levado a crer que a direita é a grande culpada de todos os males que assolam o país nesses tempos atuais.  Logicamente que não me surpreendo quando me deparo com tais artigos, todavia, mostra o quanto nossa imprensa está aparelhada e doutrinada ideologicamente pelo Pensamento esquerdista.

Espertamente, afastam a ideologia marxista de qualquer problema. Tiram-lhe a responsabilidade pelo que são e fazem, não obstante, a critica que fazem a um governo claramente de esquerda, que ao leigo passa a imagem de isenção jornalistica, se dá por dois motivos: Porque tal governo não é mais á esquerda ou porque tem alianças com partidos da “direita”. Quais partidos da direita? Não sei, uma vez que estes inexistem em nosso país. Assim, a critica ao governo raramente se dá pelo que ele verdadeiramente o é: Um governo esquerdista.

Vejamos alguns pontos do artigo mencionado. O texto tem seu enredo pautado por uma hipotética visita de um estrangeiro a nosso país, sendo necessário que o anfitrião explique ao visitante as manifestações marcadas para hoje, sexta-feira. Lá pelas tantas, tem-se o seguinte dialogo.

— Eles estão a favor da presidente, mas contra a política econômica conservadora.

— Então a presidente é de direita?

Outro trecho

— E por que faz uma política econômica de direita?

Aqui dá para explicar:

— Porque a presidente precisou fazer alianças com partidos de centro e de direita para compor a maioria no Congresso. E porque a economia desenvolvimentista deixou uma baita crise.

E outro

Volta o estrangeiro:

— Mas os partidos de direita e centro que fazem parte da coligação dela certamente estão ajudando.

— Pois é, o problema é esse. Tem um partido, o maior deles, PMDB, que tem o vice-presidente da República, seis ministros e os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado. E está de briga com a presidente Dilma porque acha que não manda e porque diversos membros do partido estão sendo acusados de corrupção.

— Caramba! É uma campanha da esquerda contra a direita corrupta?

— Não, porque muitos membros do partido da presidente Dilma também estão sendo apanhados na corrupção.

O artigo completo se encontra AQUI.

Oras, é claro que quando se tem ali que os manifestantes pró presidente e contra a “politica econômica conservadora” o autor está claramente apontado para as medidas de ajuste fiscal do Ministro Joaquim Levy. Diante disto, podemos afirmar que o ministro é conservador? Em vista a atual conjuntura, sim. Podemos afirmar que estamos diante de uma politica econômica conservadora? Aí não! A direita conservadora é orientada pelo livre-mercado, ou, por uma menor participação do Estado na economia. A direita conservadora é orientada por um Estado enxuto, pois enxerga que esse é um dos fatores que geram riqueza na sociedade.

Tivesse tal principio sido aplicado ha anos no Brasil, certamente que não estaríamos passando por toda essa crise. Noto ainda, que a “direita” no Brasil é responsabilizada tanto pelos ajustes econômicos que se fazem necessário nesse momento, quanto pela abertura econômica dos anos 90 e a benéfica privatização de estatais: “É coisa de neoliberal“. “É privataria“! Tivesse sido a Petrobrás privatizada, estaria agora gerando ganhos e emprego.

O mais eloquente do artigo, no entanto, fica para a explicação que se dá ás alianças do governo. Como se lê, a politica econômica conservadora ocorreu porque o governo fez aliança com partidos de centro e da direita. Mais uma vez, a culpa é da direita, imaginária, pois na politica partidária ainda não encontrei nenhum. Assim, uma das marcas desse governo, o fisiologismo, o toma lá da cá, é deixado de lado, é prontamente esquecido. O PSD é da direita? É centro? O PROS? PRB? PDT? PC do B? O PMDB é conservador? Façam-me rir!

O gran finale fala por si só. O gringo fica com a impressão que a esquerda, limpinha, atua contra a direita corrupta. Não, não é bem assim, membros do partido da presidente também estão envolvidos em corrupção. Finaliza o anfitrião brasileiro.

É um enredo surreal, não é, Caro leitor? O estrangeiro sai do país com a impressão de que tanto a esquerda quanto a direita estão de mãos dadas no lamaçal de corrupção. É claro que não estou afirmando que conservadores e liberais não sejam corruptos, o são. Todavia, destaco que o mensalão e petrolão, são casos típicos de uma mentalidade autoritária, que enxerga no Estado o grande agente politico e econômico. Isso não é e nunca foi um pensamento conservador. Isso é um pensamento esquerdista, como o é também o aumento da carga tributária, as regulamentações e a falta de apoio a iniciativa privada.

Por fim, sem responsabilizar a esquerda, essa continua sem culpa, tal qual uma criança, livre para continuar errando com seu modelo econômico “desenvolvimentista” que nesse governo, a única coisa que desenvolveu foi essa crise que está longe de acabar. Não… a esquerda não age como criança, a esquerda partidária e intelectual, ao fugir de encarar seus erros e sua ineficácia, mostra o que ela verdadeiramente é: Covarde!

Curtam nossa FAN PAGE. E sigam-nos pelo TWITTER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *