Entrevista com FHC: “O problema é econômico, a solução é política”.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, estampa na Folha entrevista dada ao jornal.

Leiam alguns trechos:

 Em 1999 o sr. viveu uma crise e o PT pediu seu impeachment. O que diferencia o “Fora FHC”do “Fora Dilma”?

O “Fora FHC” era partidário, limitado ao PT. Eu nunca perdi o Congresso. Não perdi a credibilidade nem a capacidade de ação política. Não é a mesma situação de hoje. Há um elemento de descrédito.

Então falta condução política?
Os economistas, quanto mais tecnocratas, mais querem que a racionalidade impere. Não pode. A racionalidade econômica pura esmaga tudo. O problema é econômico, a solução é política. E não vejo uma coalizão.

Mas o sr. acha que hoje um pedido de impeachment de Dilma teria o mesmo problema que viu no de Lula em 2005?
Não, é diferente. E vou dizer uma coisa arriscada: o Lula perde hoje. Hoje [se Dilma cai e fazem novas eleições], o Lula perde. Mas não penso eleitoralmente. Sou democrata. Não vou dizer: ‘Então vamos fazer o impeachment porque o Aécio [Neves] ganha, o Geraldo [Alckmin] ganha, ou eu ganho’. Não estou dizendo que nunca vai se chegar a tal ponto [do impeachment]. Não sei.

A entrevista completa está AQUI.

Opinião do Blog.

O Ex-presidente Fernando Henrique faz seu papel de ex-presidente. Opina, analisa, dá entrevistas e defende as instituições democráticas. Muito diferente de Lula que não concede entrevistas, não analisa e passa muito longe de defender as instituições democráticas, receio que ele as ignore.

Esse contraponto que faço entre FHC e Lula não significa que eu concorde com todas as declarações de FHC. Não! Seu pensamento e seu partido pertecem a mesma matriz ideologica do PT, a diferença é que o PSDB não enxerga as mudanças com o mesmo radiicalismo dos petistas.

Sobre a entrevista, reitero, está ai a fala de um homem ponderado que não se deixa levar pelas paixões de momento. Sua análise da atual situação é de suma importância e apenas ratifica aquilo que todos já perceberam. O Brasil reelegeu Dilma e três meses depois da pose já não a suporta mais. O descrédito é geral. Falta confiança, credibilidade e articulação politica. Em sintese, falta governo!

 

Um comentário em “Entrevista com FHC: “O problema é econômico, a solução é política”.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *