“Emenda Lula” mostra a psicopatia do PT

O PT precisa ser extinto. É um tumor maligno do Brasil. A tentativa de emplacar a Emenda Lula é a prova cabal de sua psicopatia incurável.

Com a desfaçatez que os caracteriza, sequer disfarçaram. A sentença de Moro saiu, publicada em prazo factível para ser julgada em segunda instância antes do pleito de 2018;

A sentença, se confirmada ou aumentada – o que é uma opção plausível – levará Lula a cadeia, tornando-o um ficha suja.

Então, os ratos precisaram se desentocar para mostrar o focinho cheio de lixo, advogando o indefensável.

Vicente Cândido, petista, relator da Reforma Política, tramou o golpe, incluindo no texto uma emenda que proíbe a prisão de candidatos até 8 MESES antes das eleições.

O país viraria uma casa da mãe Joana ainda mais zoneada, ademais isso não afeta o calhordismo petista.

Tal qual psicopatas, não dimensionam as consequências dos seus atos, apenas vislumbram seu próprio interesse e proteção, fazendo o que estiver ao seu alcance – afrontando a legalidade se necessário – para se protegerem.

Os sacanas querem livrar Lula e se não nos mobilizarmos fortemente diante deste escárnio, sofreremos um golpe de dimensões titânicas.

Com a moral ulcerada que os caracteriza, achando que podem novamente fazer-nos todos de trouxas, o líder petista na Câmara teve a cara de pau de negar que a medida visa defender Lula. O deputado Carlos Zarattini (SP) alegou:  “Essa é uma proposta que não é para Lula, e sim para todos os candidatos, para dar uma maior segurança ao processo eleitoral.”

Não bastasse, ainda concluiu: “Essa ideia dele é bem anterior à sentença condenatória do ex-presidente. Não há ligação temporal entre uma coisa e outra”.

Zarattini nega a “ligação temporal” entre a sentença publicada por Moro na quarta feira e o golpe urdido por seu partido no sábado.

O PT é um partido psicopata. E um psicopata perigoso, como Celso Daniel deve concordar. Todo aquele que aponta sua importância para o processo política ou qualquer blablabla semelhante é conivente com uma ORCRIM que, enquanto existir, não desistirá de reimplantar seu projeto de poder, cometendo quantos atos corruptos e sacrílegos conseguir para alcançar seus objetivos.

O PT precisa precisa ser extinto. Tudo o mais é diversionismo.

Por Renan Alves da Cruz

 

Related Post

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *