Perto de Dilma Rousseff, bancada da chupeta é coral lírico

Dilma Rousseff irá ao senado para defender seu mandato. É bom fazermos estoque de engov!

Leiam no site de Veja

O Senado Federal agendou para o dia 29 o pronunciamento da presidente Dilma Rousseff no julgamento final do impeachment. A petista confirmou nesta quarta-feira que fará pessoalmente sua defesa em plenário. O roteiro da derradeira votação foi definido em reunião entre o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que presidirá a sessão, e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O julgamento terá início às 9 horas do dia 25, próxima quinta-feira.

Encerramos

Foi difícil acompanharmos por dias a fio a estridência sem noção da bancada da chupeta. Em alguns momentos nos irritavam, sim, mas quando nos lembrávamos de quem eram – palhaços, fazendo um ridículo papel circense – caiamos na gargalhada.

Foi ou não foi impagável o momento em que o ex-ministro da JUSTIÇA, José Eduardo Cardozo citou o famosíssimo jurista Tomás Turbando Bustamante?

E que aula de história, geografia e economia nos deu Lindbergh Farias, ao nos ensinar que o Neoliberalismo nasceu na China. Uau!

Foram momentos que a bancada da chupeta nos agraciou com essas e tantas outras pérolas, mas também, foram momentos em que nos foi permitido comprovar mais uma vez, o quanto que os petistas são vigaristas.

Pois bem, senhoras e senhores. Perto de Dilma Rousseff se expressando, falando seu peculiar dilmês com seus ticos e tecos em pleno funcionamento, ficaremos com a sensação de que Lindbergh Farias, Gleisi Hoffmann e Vanessa Grazziotin, formam um belo coral lírico.

Não acredito que eles tenham superado a retumbante retórica da ex-presidente.

Por fim, Dilma chegou ao poder como um poste, e sairá, ela mesma, puxando a fila de um melancólico cotejo fúnebre de seu próprio governo.

Vamos nos preparar para o dia 29 e vamos tentar compreender o dilmês

Por Jakson Miranda

Adquira o ebook Por que sou conservador e ajude o Voltemos à Direita.

Assine nossa NEWSLETTER e receba artigos em primeira mão. É fácil, rápido e seguro!

 

Um comentário em “Perto de Dilma Rousseff, bancada da chupeta é coral lírico”

  1. Bom resumo da agonia diária a que somos submetidos depois que o STF meteu o bedelho em assunto que não devia. Só não concordo que o tico e o teco da Dilma estão em pleno funcionamento, vivem em curto, se engalfinhando há muito tempo. Vai embora logo, poste!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *