Bolsonaro é condenado por Homofobia. Estamos sob a lei da mordaça

Mesmo sem aprovação do intragável PL122, que buscava criar uma categoria privilegiada de cidadãos no Brasil, o lobby gayzista não desistiu e, através de partidários de sua causa impositiva sobre o restante da população brasileira, começa a conquistar resultados na justiça contra os que não se submetem à sua agenda.

Levy Fidelix foi condenado por declarações “homofóbicas” num debate presidencial. Abordei o caso aqui, no texto Viva o Aparelho Excretor Reprodutor, recorrendo a certa dose de ironia. Em outro texto, lidei com o duplo padrão moral da esquerda.

Agora foi a vez de Jair Bolsonaro. Condenado a multa de 150 mil reais por declarações concedidas ao programa CQC em 2011. Na ocasião, Bolsonaro afirmou que seus filhos não eram homossexuais por terem recebido boa criação familiar.

Esqueça a liberdade de expressão. Há um amordaçamento em curso. Governos, partidos, religiões… todos são criticáveis. Entretanto, considerar, por postura filosófica ou religiosa, o homossexualismo uma condição não-natural e manifestar-se de acordo com seu posicionamento agora é punido no Brasil.

O movimento gayzista exulta em virtude do resultado, já que a cabeça de Bolsonaro é um de seus troféus mais caros.

A liberdade de expressão, opinião, crença religiosa e convicção pessoal e filosófica estão ameaçadas.

Se nos calarmos agora por vontade própria, amanhã nos calarão por imposição.

Em tempo, nós do Voltemos à Direita deploramos ataques, ofensas, agressões e desrespeito aos homossexuais em qualquer nível. Acreditamos que todos possuem direito de utilizar seu corpo, em intimidade, como lhes aprouver.

Mas temos a convicção de que uma família é formada por um homem, uma mulher e sua prole, formato natural que moldou a sociedade e encheu a Terra (até por ser o único reprodutivo), e não negociamos o direito de não sermos afrontados em nossas convicções.

E fica a lembrança para nossa justiça bipolar: Jean Wyllys chamou um opositor de “negro” e “gordo”, de forma pejorativa.

Se fosse o Bolsonaro…

 

Por Renan Alves da Cruz 

 

Leia também: 

Viva o aparelho excretor reprodutor!

A Dupla face imoral da esquerda

A Favor da Redução da Maioridade Penal

Por que Sou Conservador?

Hillary Clinton anuncia sua candidatura a presidência dos EUA. Somos contra!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *