A importância de ler Guilherme Boulos

A coluna de Guilherme Boulos publicada na Folha de São Paulo em 02/04 foi de tal forma nefasta, cretina, bárbara e simplista que acabou suscitando certa reflexão de minha parte:

Se sei muito bem quem é Boulos e o que faz para se sustentar, bem como o nível de barbaridades que gente dessa laia pode defender, porque perco meu tempo o lendo?

Não seria melhor gastar meu tempo lendo boa literatura, ou textos edificantes de autores conservadores?

Na pior das hipóteses lendo a obra de Marx ou de outros marxistas importantes para a construção teórica do ideário de esquerda?

Por que raios gasto meu tempo precioso lendo um pulha como Boulos?

Podem tentar construir nele um esteta, tamanha a falta de preparo que encontram em defesa da argumentação esquerdofrênica hoje em dia. Para mim Boulos é um mero invasor profissional, com chiliques de garotinho mimado, despreparado intelectualmente e irrelevante no âmbito cultural, além de um argumentador mais fácil de desmontar que um castelo de cartas de baralho.

Por que então me imputo tamanha tortura?

Muito refleti e conclui que é sim importante ler Boulos. Que mesmo que cada clique precioso lhe forneça sobrevida em seu novo papel como “colunista”, os textos de animalidade homérica desse sujeito devem ser divulgados à exaustão.

E pela Direita.

Boulos é daquela linhagem pura do esquerdismo irracional. É a anti-propaganda por excelência. Qualquer ser humano capaz de avaliar um texto como evidência de um pensamento, fugirá de tudo o que um sujeito como esse apontar como nobre.

Continue sua jornada, Guilherme Boulos. “Pensadores” como você não me deixam esquecer porque sou um conservador e um detrator da ideologia esquerdista.

Recomendo a todos: leiam Gulherme Boulos. E se conhecerem alguém com dúvidas ideológicas, quem sabe começando a tender ao esquerdismo, dê a eles algumas doses desse antídoto natural.

Esquerdistas expressando suas ideias são a melhor propaganda contra a esquerda que conheço.

Boulos é prova viva.

Por Renan Alves da Cruz

Leia também: 

O mimimi de Leonardo Sakamoto

O oportuno antipetismo de Marta Suplicy

Renato Janine Ribeiro é o novo Ministro da Educação e eu, como professor, estou de luto.

Viva o aparelho excretor reprodutor!

A Dupla face imoral da esquerda

 

2 comentários em “A importância de ler Guilherme Boulos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *